Fórum RPG baseado no sériado americando Glee!
 
InícioCalendárioFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Varanda & Jardim da Sra. Jones

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Mercedes Aretha Jones
The Trouble Tones (WMHS)
The Trouble Tones (WMHS)
avatar

Mensagens : 235
Localização : Lima (Ohio)
Humor : divoso
Data de inscrição : 04/05/2012

Star Card
Apelido: Mercy / Cedes
Ídolo (inspiração): Whitney Houston
Mochila:

MensagemAssunto: Varanda & Jardim da Sra. Jones   Seg Maio 07, 2012 9:39 pm



Mercy A. Jones
♦ Mocca Chocolata ♦
—j a y b i r d.
Narrativa&AçõesFalas"Pensamentos"


♥ My Only Love... Sam:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://glee-loserlikeme.forumeiros.com/forum
Sam Evans
Esquadrão de Deus
Esquadrão de Deus
avatar

Mensagens : 33
Data de inscrição : 05/05/2012

Star Card
Apelido: Sammy, Ken, Trouty Mouth
Ídolo (inspiração):
Mochila:

MensagemAssunto: Re: Varanda & Jardim da Sra. Jones   Ter Maio 22, 2012 5:24 pm


A chuva continuava a cair torrencialmente quando saímos da praça. Sério mesmo, parecia que as nuvens tinha guardado aquela carga por todas as férias e decidiram desabar sem mais nem menos naquela hora. Guarda-chuvas de todos os tamanhos, cores, marcas[?] preenchiam as ruas e acabamos fazendo caminho por entre as pessoas, correndo de marquise em marquise, passando por árvores ameaçadoramente curvadas. O vento passava rápido, levando consigo os chapéus de alguns senhores desavisados, que corriam atrás deles. Diferente deles, eu com certeza não parecia nem um pouco apressado, já que aquele era o único tempo que poderia aproveitar com Cedes pelo restante do dia. Grunhi baixinho em descontentamento quando chegamos à varanda da casa da diva, sorrindo para ela em seguida pela enésima vez no dia. — Pronto, Miss Jones. Está entregue. — disse enquanto soltava a mão dela - não sem antes 'obrigá-la' a dar um leve rodopio em volta de si mesma, como uma bailarina. Chacoalhei a cabeça novamente e descolei a camisa do meu peito. Estava completamente encharcado, sem contar o frio que fazia meu queixo bater um pouco. Até a chuva tinha lados ruins, não é? Coçando a nuca de uma maneira despreocupada, já ia começar a me virar pra ir embora quando lembrei do casaco. — Ah... Pode me... Esquece. — dei de ombros e apontei para o casaco, invejando o fato de ele poder ficar ali com Mercedes e eu não — Você fica melhor nele do que eu. — Fiz uma nota mental para parar de fazer aqueles comentários tão açucarados. Virei as costas e desci a pequena rampa da varanda, mandando um tchauzinho pra Cedes no caminho — Boa noite. A gente se fala depois, ok?



Sam Evans
:: WMHS :: New Directions :: God Squad :: Trouty Mouth :: White Chocolate ::


Interpretações - Falas - "Pensamentos" - Falas de Outras Pessoas - Músicas
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mercedes Aretha Jones
The Trouble Tones (WMHS)
The Trouble Tones (WMHS)
avatar

Mensagens : 235
Localização : Lima (Ohio)
Humor : divoso
Data de inscrição : 04/05/2012

Star Card
Apelido: Mercy / Cedes
Ídolo (inspiração): Whitney Houston
Mochila:

MensagemAssunto: Re: Varanda & Jardim da Sra. Jones   Ter Maio 22, 2012 10:07 pm

*Não conseguia colocar na cabeça que dentro de poucos instantes estaria me afastando de Sam... Mas enfim, isso não importa agora. A unica coisa que eu queria era aproveitar o fim desse dia, que se classificava de dia mais vergonhoso a dia mais feliz da minha vida, do lado dele... Suspirei Feliz enquanto passávamos pelas pessoas, nunca pensei que sair com alguém de mãos dadas no meio da chuva fosse me arrancar tantos risos. Tinha pessoas correndo para todos os lados, e uma vez ou outra tive que me apoiar nele de tanto ri, enquanto andávamos. Nunca ver uma senhora perder o chapéu tinha sido tão engraçado não sei ao certo o que me deixava assim, tão feliz e relaxada. Mas provavelmente era tudo graças a presença de Sam, nem estava ligando muito por ta estragando minha chapinha.

Depois de alguns minutos chegamos a minha casa, que não ficava muito longe da praça, suspirei triste quando paramos na varanda e ele disse, me fazendo rodar em torno de mim mesma, antes de soltar minhas mão: -"Pronto, Miss Jones. Está entregue" *Nunca pensei que aquelas palavras doeriam tanto, como doeu... Estava chocada com o fato de dizer "adeus", ou "até logo" para ele fosse tão complicado. Logo ele começou a se virar para ir embora e eu quase inventei algo, para impedi-lo, mas na hora ele se voltou para mim dizendo - "Ah... Pode me... Esquece" *Provavelmente ele iria se referir ao casaco, em um gesto automático o apertei mais em torno de mim, realmente estava ficando mais frio, não pela temperado em si, mas, sim, pela distancia que Sam estava no momento. Era longe de mais. -" Você fica melhor nele do que eu" *ele disse arrancando um sorriso de minha boca, abaixei o olhar um pouco tímida e o escultei falando -"Boa noite. A gente se fala depois, ok?" - ok!!! *Respondi antes mesmo de entender o que ele tinha dito, logo ele se virou para ir embora, comecei a me desesperar não queria que ele fosse não ainda - Sam... *Chamei ainda sem ter algo formulado para dizer, então apenas o puxei para perto de mim e sussurrei, perto no rosto dele - Tudo pela ciência! *Não entendi direito porque disse aquilo, mas também não me importa. Matei a distancia que, ainda, existia entre nós e, pela primeira vez, eu o beijei, eu tinha dato o primeiro passo, só rezava pra ele não ser o ultimo. Durante o beijo me esforcei pra provar que "aprendia rápido"... Das duas primeiras vezes ele tinha comandado, mas dessa vez eu queria fazer isso. Só que ele era bem melhor que eu e já estava no controle... E quer saber? eu não poderia reclamar disso, aliais, para o bem da ciência esse beijo tinha sido melhor que os outros, nem tão "seco" nem tão "molhado", apenas perfeito. Sorri quando nos afastamos e disse - Ta chovendo muito, acho melhor você entrar e esperar a chuva aliviar um pouco... *Disse moderno o lábio, ansiosa pela resposta dele.... Ai meu Deus, quando eu fiquei tão oferecida?... Pro inferno, eu realmente apenas queria que ele ficasse mais.


Mercy A. Jones
♦ Mocca Chocolata ♦
—j a y b i r d.
Narrativa&AçõesFalas"Pensamentos"


♥ My Only Love... Sam:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://glee-loserlikeme.forumeiros.com/forum
Sam Evans
Esquadrão de Deus
Esquadrão de Deus
avatar

Mensagens : 33
Data de inscrição : 05/05/2012

Star Card
Apelido: Sammy, Ken, Trouty Mouth
Ídolo (inspiração):
Mochila:

MensagemAssunto: Re: Varanda & Jardim da Sra. Jones   Qua Maio 23, 2012 8:28 pm


Já estava pensando em encarar bravamente a chuva até em ‘casa’ quando ouvi Cedes me chamar. Quase que como um metal sendo atraído por um imã, parei, virando-me para ela — ...Sim? — E, pra minha surpresa, senti a morena me puxar para ela - numa total inversão de papéis - e sussurrar bem próxima ao meu rosto Tudo pela ciência! fiquei um tanto confuso com o que ela tinha dito, mas meus pensamentos entorpeceram quando a diva jogou seus braços em volta de mim e cessou o pouco espaço que ainda havia entre nós, me puxando para mais um beijo. Estremeci de leve, apreciando a sensação dos lábios quentes da morena sobre os meus, explorando pela terceira vez no dia a textura, formato e sabor deles. Diferente de mim, Mercedes era bem mais delicada e menos ‘faminta’, o que tornava o beijo bem mais romântico e, conseqüentemente, melhor. Dava pra notar que ela ainda estava ‘aprendendo’ comigo, o que me dava certo medo de ir rápido demais, mas eu não me importava. Quando a morena ousou nos separar, segurei seu rosto gentilmente, mas com firmeza, abrindo um leve espaço apenas para que ela pudesse respirar, antes de voltar a colar os lábios nos dela por mais uns segundos enquanto acariciava o rosto da diva com a ponta dos dedos. Não consegui conter um leve choramingo quando nos separamos novamente, encostando a testa na dela. — Você sabe que eu nunca vou me cansar disso, não sabe? — murmurei contra o rosto da morena numa voz excessivamente sedutora, enquanto descolava nossas testas. E o pior de tudo é que o que falara era verdade. Estava completamente apaixonado por Mercedes. Ao menos, sabia que era correspondido, mas em que intensidade? Fugi de meus pensamentos quando ouvi novamente a voz de Mercedes.Tá chovendo muito, acho melhor você entrar e esperar a chuva aliviar um pouco... disse, mordendo o lábio em seguida. Tive que conter a maior vontade de dizer o quão adorável ela parecia quando fazia aquilo. Ok, vamos ver as opções. Encarar a chuva e chegar em casa todo molhado e sozinho ou ficar ali, quentinho e com a melhor companhia possível? É óbvio que escolhi a segunda. — Hmn... Tudo bem, eu acho. — Cedes teve que entrar e entregar algo para seu irmão (acho que ouvi algo relacionado a ‘suborno’ e ‘tia’) e provavelmente avisar aos seus pais que eu estava ali. Fiquei na varanda por um tempo, encarando a chuva que só parecia piorar... Tenso.



Sam Evans
:: WMHS :: New Directions :: God Squad :: Trouty Mouth :: White Chocolate ::


Interpretações - Falas - "Pensamentos" - Falas de Outras Pessoas - Músicas
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mercedes Aretha Jones
The Trouble Tones (WMHS)
The Trouble Tones (WMHS)
avatar

Mensagens : 235
Localização : Lima (Ohio)
Humor : divoso
Data de inscrição : 04/05/2012

Star Card
Apelido: Mercy / Cedes
Ídolo (inspiração): Whitney Houston
Mochila:

MensagemAssunto: Re: Varanda & Jardim da Sra. Jones   Qui Maio 24, 2012 6:12 am

-"Hmn... Tudo bem, eu acho." *Tive que me conter para não pular de alegria ao ouvir a resposta de Sam. Enfim, nosso dia não "acabaria" naquela varanda e o melhor era que iria poder ficar mais alguns minutos com ele, ao lado dele, abraçada com ele, beijando ele [?]... Enfim isso não importa agora, tinha algumas "coisinhas" pra resolver dentro de casa - Sam, espera um pouco, volto em alguns minutos. *Coloquei minhas mãos nos ombros dele e lhe dei um beijinho, rápido, na bochecha, em seguida entrei em casa.

Ok, tudo estava sendo perfeito só tinha que me livrar do meu irmão... Assim que deixei Sam no frio, largado e abandonado... tadinho... Tomei o caminho que levava pro quarto do meu irmão. O pestinha as vezes era bem chato, mas dessa vez eu tinha algo na manga, algo que iria fazer com que ele largasse do meu pé. Entrei no quarto sem bater, como de costume, e já fui logo dizendo - É o seguinte: não deu para trazer sua Pizza, porque tive alguns problemas, mas eu vou te dar algo no lugar... *Fiz um careta e continuei antes que ele começasse a fazer birra - ... Meus Tots... *disse jogando o pacote na cama dele -"Own Mercy você varia isso por mim?" *Disse ele, em um tom irônico -"Hey, oque você ta aprontando pra ter que abrir mão dos seus tots?" *Revirei os olhos com a pergunta dele e disse - Primeiro eu não to aprontando nada e segundo SE eu tivesse não seria da sua conta, agora vai tratar de crescer e não me enche o saco. *ele fez uma cara, falsa, de que estava magodo e disse -"Nossa Mercy, feriu meus sentimentos, eu que sempre te conto tudo..." *Interrompi o drama dele dizendo - claro que me conta tudo, você é criança, não tem nada na sua vida que você precise esconder -"Eu não sou criança sou um pré-adolescente e já tenho até cabelo no..." *Revirei os olhos já sabia exatamente o que viria a seguir, então disse cortando ele - Já chega Sam, eu te dei meu tots agora me deixa em paz... *Estava prestes a sair do quarto quando ele disse -"Quem é Sam?" *Fiquei meio chocada com a pergunta e disse - de onde você tirou esse nome? *Ele sorriu cinicamente para mim e disse -"você me chamou de Sam, meu nome é Kevin... Existe muita diferença entre os dois nomes então a pergunta certa é 'de onte VOCÊ tirou esse nome' Senhorita Jones?" *Respirei fundo contando até 10 e disse em tom de rendição - ta legal o que você quer? *Ele sorriu e disse -"Eu quero seu note, já que não tenho TV preciso de algo para me distrair" *Ele só poderia está de brincadeira comigo - "OH, HELL TO THE NO!" você não toca no meu note nem pagando... *ele me interrompeu. -"Já vi que vou ter que perguntar pro seu amigo gay, como ele se chama mesmo?... ha lembrei, Kurt..." *Estremeci quando ele disse isso, não gostava que as pessoas se metessem na minha vida Kurt ia pegar no meu pé até a morte pra saber o que rolava entre eu e o Sam pra eu ter confundido o nome dele com o do Kevin e o pior é que eu não saberia explicar. Fui até minha bolsa e tirei meu note de la, em seguida me aproximei do meu irmão e disse - Se você formatar o meu note... Eu mato você... *Ele riu e disse -"sabia que você ta toda molhada?" *Sair do quarto, quase chorando de raiva... Aquele garoto parecia que tinha saído do inferno só pra arruinar minha vida... Entrei na sala, e como sempre naquele horário, papai e mamãe estavam vendo um programa de "acerte o preço" -"Querida você ta toda molhada vai acabar ficando doente" *Disse minha mãe em um tom preocupado, vindo em minha direção e checando minha temperatura - Eu to bem mamãe... E tem amigo meu la fora ele, vai ficar aqui até a chuva passar. *Minha mãe sorriu e disse -"Que, bom ultimante não vi muitos amigos seus vindo aqui... O Kurt anda tão sumido..." *Meu pai me olhou e interrompeu minha mãe -"O que é muito bom pra ver se ela para com essa besteira de ser cantora..." *Revirei os olhos e disse - Eu vou ser uma cantora Pai e muito famosa o senhor vai ver isso quando... -"Você vai quebrar a cara filha, to dizendo isso pro seu bem, você é negra e cantoras negras não..." *Ele ia falar de novo que "cantoras negras não fazer sucesso e que não tem valor" - Papai eu sei o que você pensa mais olha a Whitney Houston, Aretha Franklin, beyoncé ... *Ele me interrompeu dizendo em um tom grosso -"todas elas tem o talento que você não tem, e vamos ser sinceros... A primeira ta acabada, a segunda esquecida e a terceira tem um corpaço coisa que você não tem e do jeito que se alimenta nunca vai ter..." *Ual, ele tinha tirado o dia pra ferir meus sentimentos - "Bolinho seu amigo ainda ta la fora não é? Porque não chama ele pra entrar... vou preparar um chocolate quente pra vocês, dessa vez acho que sua tia não vai ligar, além do mais com esse tempo frio aposto que ela também vai querer" *Minha mãe disse, sorrindo, notando o clima que já estava muito pesado. Sorri para ela e disse - Ok mamãe, agente vai pro meu quarto... -"minha filha não vai levar um homem pra dentro do quarto que não seja seu marido, isso é se você uma dia conseguir um..." *Bufei com o comentário e disse - Não se preocupe papai, ele é um amigo tipo o Kurt -"Outro garoto gay... Você tem que parar de andar com gente desse tipo, não faz bem pra sua imagem que não é uma das melhores..." *Mas um cometário fora de hora do meu pai e eu iria sair de casa, então apenas disso - Eu sei que o senhor me acha um lixo, mas será que dá pra parar de mandar indiretas a cada frase sua? Você é meu pai, mas isso não quer dizer que pode ficar me insultando gratuitamente *Minha mãe se meteu mais uma vez - "Bolinho a chuva ta piorando seu amigo vai acabar morrendo afogado la fora" *Sorriu passando a mão no meu rosto de forma carinhosa, como se pedisse pra eu ignorar meu pai, forcei um sorriso e voltei para varando de cabeça erguida.

-Desculpa a demora Sam, tive uns contratempos... *Minha voz, assim como minhas mãos, tremiam, um pouco enquanto eu falava, tinha vontade de chorar, já estava cheia de todos os dias bater boca com meu pai e de sempre sair magoada, será que ele não via que estava acabando com toda a autoestima que levei anos pra construir em volta de mim? Fitei o chão e disse - Vamos direto pro meu quarto, pela porta dos fundos, a sala ta uma bagunça e minha mãe ta fazendo faxina nela.*Ia puxá-lo pela mão, mas algo me bloqueio, eu realmente estava com vergonha [?] - Me segue é por aqui *Disse ainda sem fitá-lo, não queria olhar para Sam e sentir que ele pensava igual ao meu pai, ou pelo menos de forma parecida isso iria doer muito... Chegando no meu quarto, fui até o banheiro e pequei duas toalhas uma para mim e outra para Sam - Acho que isso vai servi para tirar um pouco do exerço de água do seu cabelo... notei que você parecia um pouco incomodado com isso. *Foi a primeira vez que abri a boca desde que entramos no quarto e não pretendia falar mais - Pode se sentar no banquinho se quiser o controle do tv ta em cimada da cama pode assistir um pouco pra passar o tempo *Finalizei e dei as costas para Sam fitando a janela... Antes eu queria que ele ficasse pra que agente pudesse se diverti mais juntos, mas agora apenas queria que a chuva passasse, para ele ir embora e eu poder chorar em paz... Não era do tipo que chorava por qualquer "besteira", mas as vezes, isso me fazia bem...


Mercy A. Jones
♦ Mocca Chocolata ♦
—j a y b i r d.
Narrativa&AçõesFalas"Pensamentos"


♥ My Only Love... Sam:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://glee-loserlikeme.forumeiros.com/forum
Mercedes Aretha Jones
The Trouble Tones (WMHS)
The Trouble Tones (WMHS)
avatar

Mensagens : 235
Localização : Lima (Ohio)
Humor : divoso
Data de inscrição : 04/05/2012

Star Card
Apelido: Mercy / Cedes
Ídolo (inspiração): Whitney Houston
Mochila:

MensagemAssunto: Re: Varanda & Jardim da Sra. Jones   Dom Jun 10, 2012 11:37 pm

Depois do meu momento de "Birra" Sam veio até minha massageando a minha mão, mordi o lábio por causa da dor, mas fique caladinha, não queria que a coisa toda ficasse mais ridícula do que já ela... Sam sempre me surpreendia com as suas atitudes, apesar da dor, ele estava sendo extremamente carinho e o gesto dele me deixava extremamente comovida. O fitei com carinho enquanto ele dizia -"Tem que tomar mais cuidado, Cedes..." *Quase me revoltei e disse que a culpa tinha sido dele, mas um sorriso espontâneo escapou de meu lábios e eu disse - Pode deixar... Juro que não faço mais! - Ele deu um beijo rápido nas costas da minha mão e disse, logo em seguida -"Agora vem e me leva até a porta." -Suspirei triste e fiz sinal de positivo com a cabeça, logo começamos a sair do meu quarto...

---------------------------------------------------------------------------

Durante todo o caminho Sam ainda segurava minha mão, que não estava machucada. Disfarçadamente dei um beijinho nela em cima do lugar aonde ele tinha beijado momentos antes "Mercedes Aretha Jones o que se passa com você?" Pensei rindo, ao mesmo tempo que fazia sinal de negativo com a cabeça. Pro meu azar logo chegamos a porta de saída... Me soltei de Sam e abrir a porta, com a mão boa, logo sair da frente abrindo caminho pra ele... De todos os momentos que passamos juntos aquele tinha, definitivamente, sido o pior. Dizer adeus para Sam, era quase, como perder um pedaço de mim, um pedaço do meu coração, mas o que eu poderia fazer? Sequestrar ele eternamente?... Não! Sam tinha uma vida além de mim uma vida que eu não fazia parte, e que talvez nunca chegasse a fazer... - Sam, nos vemos depois! - Aquilo não tinha sido uma pergunta, tinha sido uma afirmação... - Não esquece do acampamento ta? vou ficar esperando uma resposta sua... *O fitei dando as costas e disse, fazendo uma careta meio, receosa - Sam... Sei que é cedo, mas eu acho que... Realmente... to gostando, muito, de você - Fitei o chão e continuei - Adorei poder ter passado o dia de ontem com você... - comecei a chutar o chão, distraidamente - Enfim, Até logo... A proposito vou sentir saudades de seus pais te matarem...-brinquei dando tchau para ele...


Mercy A. Jones
♦ Mocca Chocolata ♦
—j a y b i r d.
Narrativa&AçõesFalas"Pensamentos"


♥ My Only Love... Sam:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://glee-loserlikeme.forumeiros.com/forum
Sam Evans
Esquadrão de Deus
Esquadrão de Deus
avatar

Mensagens : 33
Data de inscrição : 05/05/2012

Star Card
Apelido: Sammy, Ken, Trouty Mouth
Ídolo (inspiração):
Mochila:

MensagemAssunto: Re: Varanda & Jardim da Sra. Jones   Sex Jun 15, 2012 2:30 pm


Passei pro lado de fora da casa, vendo o quão o dia estava bonito, quase um paradoxo comparado com a chuva da noite anterior. "Sam, nos vemos depois" acenei afirmativamente com a cabeça, sorrindo-lhe novamente, apesar de estar triste por ter que deixá-la mesmo que fosse por pouco tempo. "Não esquece do acampamento ta? vou ficar esperando uma resposta sua" — Vou falar com meus pais assim que chegar em casa. — balancei a cabeça novamente — Isto é, se eles me deixarem falar alguma coisa. Tenho cem porcento de certeza de que eu vou ficar de castigo pelo resto da vida por ter dormido fora sem avisar. — quando ela virou de costas, me aproximei um pouco mais, quase encostando meu corpo ao da morena numa reação quase instintiva — ...Se bem que eu não me arrependo nem um pouco. — e voltei a me afastar, colocando as mãos atrás da cabeça despreocupadamente com uma expressão parecida com um '^^'. Contudo, a morena não voltou a se virar pra mim, o que me fez pensar que nossa conversa tinha terminado e ela ia entrar. Foi aí que fui pego de surpresa "Sam... Sei que é cedo, mas eu acho que... Realmente... to gostando, muito, de você" nunca imaginei o efeito que aquelas palavras iam surtir em mim. Meu receio de estar sendo precipitado, de me sentir extremamente vulnerável perto dela e da diva não corresponder meus sentimentos foi simplesmente chutado pra longe. Tive sorte de que ela estava de costas pra mim e não poder ver meus olhos duplicando de tamanho. "Adorei poder ter passado o dia de ontem com você..."concordei com um 'hunrum' audível, ainda pensando numa resposta decente para a 'declaração' de Cedes. Deus, por que é tão difícil dizer o motivo pelo qual adorava estar perto dela, beijá-la, vê-la dormindo, porque precisava tanto dela? Era tão simples, apenas três palavras. Eu... Ahn, eu também gostei. Foi... Legal. cocei a nuca de um jeito meio nervoso. É claro que não era aquilo que eu queria dizer "Enfim, Até logo... A proposito vou sentir saudades de seus pais te matarem..." acabei rindo, desmontando toda aquela postura nervosa que estava. — Eles não vão. É só eu usar a minha cara de gato do shrek e tudo fica sussa. — ri novamente, me aproximando da morena, virando-a pra mim em seguida. Dei um passo meio hesitante, aproximando-nos novamente, mas ao invés de beijá-la como eu queria, apenas encostei meus lábios na testa de Cedes carinhosamente. Quando nos afastamos, dei as costas, descendo a pequena rampa que dava pra varanda. Parei no meio do caminho, virando-me mais uma vez, sorrindo pela última vez antes de dizer — Ahn... A gente se vê mais tarde, ok? — e pisquei, indo embora de uma vez.




Sam Evans
:: WMHS :: New Directions :: God Squad :: Trouty Mouth :: White Chocolate ::


Interpretações - Falas - "Pensamentos" - Falas de Outras Pessoas - Músicas
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mercedes Aretha Jones
The Trouble Tones (WMHS)
The Trouble Tones (WMHS)
avatar

Mensagens : 235
Localização : Lima (Ohio)
Humor : divoso
Data de inscrição : 04/05/2012

Star Card
Apelido: Mercy / Cedes
Ídolo (inspiração): Whitney Houston
Mochila:

MensagemAssunto: Re: Varanda & Jardim da Sra. Jones   Sab Jun 16, 2012 5:06 pm

-"Eles não vão. É só eu usar a minha cara de gato do shrek e tudo fica sussa." - Disse Sam se referindo a minha piada. Tive que ri, não duvidava muito que com eles as coisas fossem assim, sempre tão lindo e fofo fica difícil brigar com ele... Logo ele se aproximou de mim, tinha a impressão de que ele iria me beijar, fiquei até com água na boca, mas ele simplesmente beijou minha testa. O gesto foi tão terno que derreteu meu coração. Ok, ele tinha me desmontado completamente. Sorri um pouco boba e o vi partindo, mas antes ele disse algo como... -"Ahn... A gente se vê mais tarde, ok?" E piscou, aquela "piscada" tinha sido minha ruína, murmurei algo parecido com - uhum - ...Então, Finalmente ele foi embora e eu fiquei encostada no batente da porta. Não sei ao certo quando tempo fiquei ali, mas só me dei conta de que existia uma vida sem o Sam quando o telefone tocou... Era uma amiga que precisava de mim para uma "missão especial" sorri de lado e fui me arrumar... Poucos minutos depois pego minhas coisas e saio de casa.


Mercy A. Jones
♦ Mocca Chocolata ♦
—j a y b i r d.
Narrativa&AçõesFalas"Pensamentos"


♥ My Only Love... Sam:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://glee-loserlikeme.forumeiros.com/forum
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Varanda & Jardim da Sra. Jones   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Varanda & Jardim da Sra. Jones
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» 9º Moto Show em Jardim MS !!!!!!!!!
» Volta Domingueira - Jardim Buddha Eden - Bombarral
» Marina's no litoral do Ceará
» 9 Motas e 14 Mustafas do M&D em Marrocos
» FELIZ NATAL E UM PRÓSPERO ANO 2009

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Glee - Born This Way :: Lima - Ohio :: Área Residencial :: Residencia dos Jones-
Ir para: